Os Bnei Anussim celebram O Dia Global de Aprendizagem Judaica em Portugal

news-1

Em 2010, o Rabino Adin Steinsaltz, conhecido por suas traduções do Talmud para o inglês e o hebraico moderno (que levam seu nome) estabeleceu um evento anual: O Dia Mundial de Aprendizagem Judaica. Este dia foi criado com a intenção de “imbuir uma valorização dos textos que nos definem e, inspirar a esperança através dos pontos comuns que nos unem”, e, todos os anos desde então, milhares de judeus se reúnem em suas comunidades, em casas e on-line, para se aprofundar numa paixão compartilhada por conhecimento judaico.

Em 2014, na quinta edição do Dia Global de Aprendizagem Judaica, o emissário da Shavei Israel em Portugal, o Rabino Elisha Salas, juntou-se na celebração do estudo. Ele liderou a pequena comunidade de Bnei Anussim de Belmonte, Portugal, em uma série de aulas, que seguiam o tema proposto pela organização deste Dia Mundial, em 2014: “Heróis e Vilões, Santos e Tolos: O Povo do Livro!”, onde cada sessão focava um personagem bíblico diferente.

Este foi o segundo ano consecutivo que o Rabino Salas participou do Dia Global de Aprendizagem Judaica. Em 2013, ele liderou as aulas no Isaac Cardoso Centro de Interpretação Judaica em Trancoso, Portugal. O centro, que foi inaugurado em 2013, é apoiado pelo município de Trancoso e foi criado para homenagear os inúmeros judeus portugueses que foram perseguidos, deslocadas ou convertidos à força, na época da Inquisição. O centro, que vale 1,5 milhão de dólares, inclui uma sinagoga que contém o primeiro Sefer Torá da cidade de Trancoso, em mais de 500 anos.Seminario-16-300x224Em 2010, o Rabino Adin Steinsaltz, conhecido por suas traduções do Talmud para o inglês e o hebraico moderno (que levam seu nome) estabeleceu um evento anual: O Dia Mundial de Aprendizagem Judaica. Este dia foi criado com a intenção de “imbuir uma valorização dos textos que nos definem e, inspirar a esperança através dos pontos comuns que nos unem”, e, todos os anos desde então, milhares de judeus se reúnem em suas comunidades, em casas e on-line, para se aprofundar numa paixão compartilhada por conhecimento judaico.

Em 2014, na quinta edição do Dia Global de Aprendizagem Judaica, o emissário da Shavei Israel em Portugal, o Rabino Elisha Salas, juntou-se na celebração do estudo. Ele liderou a pequena comunidade de Bnei Anussim de Belmonte, Portugal, em uma série de aulas, que seguiam o tema proposto pela organização deste Dia Mundial, em 2014: “Heróis e Vilões, Santos e Tolos: O Povo do Livro!”, onde cada sessão focava um personagem bíblico diferente.

Este foi o segundo ano consecutivo que o Rabino Salas participou do Dia Global de Aprendizagem Judaica. Em 2013, ele liderou as aulas no Isaac Cardoso Centro de Interpretação Judaica em Trancoso, Portugal. O centro, que foi inaugurado em 2013, é apoiado pelo município de Trancoso e foi criado para homenagear os inúmeros judeus portugueses que foram perseguidos, deslocadas ou convertidos à força, na época da Inquisição. O centro, que vale 1,5 milhão de dólares, inclui uma sinagoga que contém o primeiro Sefer Torá da cidade de Trancoso, em mais de 500 anos.

Em 2010, o Rabino Adin Steinsaltz, conhecido por suas traduções do Talmud para o inglês e o hebraico moderno (que levam seu nome) estabeleceu um evento anual: O Dia Mundial de Aprendizagem Judaica. Este dia foi criado com a intenção de “imbuir uma valorização dos textos que nos definem e, inspirar a esperança através dos pontos comuns que nos unem”, e, todos os anos desde então, milhares de judeus se reúnem em suas comunidades, em casas e on-line, para se aprofundar numa paixão compartilhada por conhecimento judaico.

Em 2014, na quinta edição do Dia Global de Aprendizagem Judaica, o emissário da Shavei Israel em Portugal, o Rabino Elisha Salas, juntou-se na celebração do estudo. Ele liderou a pequena comunidade de Bnei Anussim de Belmonte, Portugal, em uma série de aulas, que seguiam o tema proposto pela organização deste Dia Mundial, em 2014: “Heróis e Vilões, Santos e Tolos: O Povo do Livro!”, onde cada sessão focava um personagem bíblico diferente.

Este foi o segundo ano consecutivo que o Rabino Salas participou do Dia Global de Aprendizagem Judaica. Em 2013, ele liderou as aulas no Isaac Cardoso Centro de Interpretação Judaica em Trancoso, Portugal. O centro, que foi inaugurado em 2013, é apoiado pelo município de Trancoso e foi criado para homenagear os inúmeros judeus portugueses que foram perseguidos, deslocadas ou convertidos à força, na época da Inquisição. O centro, que vale 1,5 milhão de dólares, inclui uma sinagoga que contém o primeiro Sefer Torá da cidade de Trancoso, em mais de 500 anos.

s